Comentários às Súmulas Vinculantes

Código: 9788562490811
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

O presente trabalho tem origem em uma pesquisa realizada pelo primeiro Autor junto ao Centro Universitário de Vila Velha-UVV/ES, entre os anos de 2008 e 2009, com o auxílio dos alunos pesquisadores Mayara de Oliveira Nogueira e Renan Nossa Gobbi, época em que haviam sido publicadas apenas as Súmulas Vinculantes de nºs 01 a 16. A hipótese que seria investigada era o possível descumprimento das exigências constitucionais de edição das SV´s por parte do STF, diante da polêmica gerada com a então recente publicação das Súmulas 11 (algemas) e 13 (nepotismo). Esse era inclusive o problema concreto que havia motivado a produção da pesquisa. Os critérios avaliados eram de ordem quantitativa (reiteradas decisões em matéria constitucional) e qualitativa (coerência entre os textos das Súmulas e o conteúdo dos precedentes). Em 2010 o primeiro Autor deixou os quadros daquela respeitável instituição de ensino e ingressou na Universidade Federal do Espírito Santo-UFES, após aprovação em concurso público para o cargo de Professor Adjunto I, passando a fazer parte do Departamento de Direito, junto ao curso de graduação, e a integrar também o corpo docente do Curso de Mestrado em Direito Processual Civil, em cujo programa organizou um grupo de pesquisa permanente sobre Precedentes Judiciais. No contexto desse último grupo de pesquisa, e agora com o auxílio dos alunos pesquisadores Layla Gonçalves Hatab, Angela Baptista Balliana Kock, Aloyr Dias Lacerda, Cristina Passos Daleprane e Arthur Daher Colodetti (Mestrado), Hugo Schneider Côgo e Thiago Valadares (Graduação), a análise das SV´s 17 a 32 foi finalizada, culminando assim no trabalho que ora se apresenta. Antes disso, entre os anos de 2004 e 2005, a segunda Autora, sob a orientação do primeiro Autor, desenvolveu uma pesquisa acerca da aplicação da regra contida no art. 52, X, da CF, que prevê a suspensão pelo Senado da lei proclamada inconstitucional pelo STF em sede de controle difuso e concreto de constitucionalidade, trabalho diagnóstico de excelente qualidade que segue publicado na Parte II, diante de seu caráter complementar da Parte I.

Produtos relacionados

Pague com
Selos

LMJ MUNDO JURÍDICO LIVRARIA LTDA - CNPJ: 07.754.994/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2018

Design por Integrando.se